Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A rPOT é uma revista especializada voltada à publicação de trabalhos originais, sejam teóricos ou empíricos, relacionados a todas as subáreas da Psicologia do Trabalho e das Organizações. Também são aceitos relatos de experiências voltados ao público profissional. Todas as contribuições devem estar devidamente fundamentadas e orientadas conforme as instruções aqui arroladas. A título ilustrativo, as subáreas supramencionadas incluem, com suas respectivas temáticas:

Bem-estar nas Organizações

  • Bem-estar de trabalhadores
  • Emoções positivas no trabalho        
  • Motivação e significado do trabalho
  • Qualidade de vida no trabalho
  • Resiliência e trabalho
  • Suporte e trabalho
  • Outros temas em Bem-estar nas Organizações

 Comportamento Organizacional e do Consumidor

  • Cidadania, confiança e justiça
  • Clima, cultura e valores
  • Comportamento do consumidor
  • Comprometimento organizacional
  • Conflito, liderança e poder
  • Grupos e equipes
  • Outros temas em Comportamento Organizacional e do Consumidor

Desenvolvimento de Pessoas

  • Aprendizagem organizacional
  • Coaching
  • Competência e desempenho
  • Gestão do conhecimento
  • Suporte ao treinamento
  • Treinamento, desenvolvimento e educação
  • Outros temas em Desenvolvimento de Pessoas

Gestão de Pessoas

  • Avaliação de desempenho
  • Carreira e aposentadoria
  • Competência e desempenho
  • Estratégia organizacional
  • Recrutamento e seleção
  • Remuneração e benefícios
  • Outros temas em Gestão de Pessoas

Subjetividade e Contexto de Trabalho

  • Assédio moral
  • Burnout e estresse
  • Ergonomia da atividade
  • Interação sujeito-atividade-organização
  • Prazer e sofrimento no trabalho
  • Precarização das relações e condições trabalho
  • Outros temas em Subjetividade e Contexto de Trabalho 

 

Políticas de Seção

Relatos de Pesquisas Empíricas

Trabalhos derivados de pesquisa empírica original, sejam descritivos ou preditivos, com ou sem teste de hipóteses. Esse tipo de contribuição deve possuir, necessária e exclusivamente, as seguintes seções:introdução, problema da pesquisa, os objetivos do trabalho, base teórico-conceitual para sua condução, hipóteses e/ou questões norteadoras; método, com as subseções: participantes, instrumento(s), procedimentos de coleta de dados e cuidados éticos, procedimentos de análise de dados; resultados, com os achados do estudo, coerentes com seus objetivos, hipóteses/questões norteadoras; discussão, interpretação dos principais achados, síntese e conclusão, além de limitações e implicações do estudo. Exige-se que, pelo menos, 40% de todas as referências tenham sido produzidas nos últimos cinco anos. Limitado a 30 laudas.

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

Revisões de Literatura

Sínteses de amplo e pertinente conjunto de produções disponibilizadas na literatura da área. Consiste, essencialmente, de avaliações críticas, propositivas, sobre determinados problemas, resumindo investigações anteriores, apresentando o estado da arte, identificando lacunas/questões a serem exploradas, sugerindo novos passos na investigação de um determinado assunto. Nas metanálises são utilizados procedimentos quantitativos para combinar, estaticamente, resultados dos estudos. Esse tipo de contribuição deve possuir, necessária e exclusivamente, as seguintes seções: introdução,problemática, motivo/pertinência da realização do artigo, bem como seus objetivos; método, claramente apresentando o corpus utilizado, os procedimentos de inclusão e exclusão de estudos (com descrição de buscadores e período coberto), e procedimentos de coleta e análise; resultados, com os achados do estudo, coerentes com seus objetivos e questões norteadoras; e discussão, com as implicações da revisão para o estudo do tema. Exige-se que, pelo menos, 50% de todas as referências tenham sido produzidas nos últimos cinco anos. Limitado a 30 laudas.

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

Ensaios Teóricos

Devem apresentar um problema teórico ou metodológico, com exposição lógica e defesa de uma "tese". A partir de uma argumentação rigorosa, o autor deve expressar, de forma fundamentada, seu julgamento pessoal a respeito do problema proposto, sinalizando possíveis novos caminhos ou soluções. Apresenta variação maior em termos de estrutura. Porém, sugere-se que as seções incluam: introdução,delineamento da problemática e os objetivos do estudo;método, com a estrutura lógica (a forma como o autor trabalhou os conceitos e argumentos); o equivalente a resultados/discussão, podendo ser adotados subtítulos coerentes e lógicos, com a síntese do trabalho e suas principais implicações e proposições futuras. Exige-se que, pelo menos, 40% de todas as referências tenham sido produzidas nos últimos cinco anos. Limitado a 25 laudas.

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

Resenhas

Devem se  referir a revisões críticas de obras nacionais (publicadas há até 2 anos) ou estrangeiras (publicadas há até 5 anos) orientando o leitor quanto a suas características e usos potenciais. Deve ir além do mero resumo dos capítulos, realizando uma apreciação crítica da obra, apontando as possíveis contribuições para o campo da Psicologia das Organizações e do Trabalho. Limitado a 4-7 laudas.

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

Relato de Experiência Profissional

Estudo de caso, com evidências, metodologicamente apropriadas, que descreva novos métodos ou técnicas, bem como a avaliação dos resultados da experiência. Esse tipo de contribuição deve possuir as seguintes seções: introdução, com apresentação do caso e de seus aspectos contextuais, sustentação teórica e objetivos do estudo; método, apresentando ao leitor as etapas de realização da experiência, descrição de procedimentos ou estratégias de intervenção, os instrumentos ou ferramentas utilizados;resultados/discussão, podendo ser adotados subtítulos coerentes e lógicos, contendo a análise de implicações da experiência e as contribuições da mesma para a atuação em Psicologia das Organizações e do Trabalho. Exige-se que, pelo menos, 40% de todas as referências tenham sido produzidas nos últimos cinco anos. Limitado a 10-15 laudas.

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

Debates

A convite da rPOT, esta modalidade visa a promover o diálogo e o debate sobre temas e assuntos atuais de interesse da Psicologia Organizacional e do Trabalho. A seção é composta por três partes diferentes e complementares, escritas por autores convidados pela rPOT. São convidados autores que sabidamente adotam posição favorável à temática norteadora, outros que defendem uma posição contrária, e um terceiro que desempenha o papel de moderador. Limitado a 7-10 laudas.

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Não Selecionado Avaliado por Pares
 

Processo de Avaliação por Pares

Todos os manuscritos submetidos à rPOT são apreciados conforme um fluxo padrão de avaliação.

 

1.  O manuscrito é, primeiramente, recepcionado pela Assistência Editorial da rPOT. Neste momento, será verificado se todos os documentos foram enviados pelo sistema (Manuscrito sem identificação; Carta de Compromisso Ético). É escolhido um Editor Associado ao qual o manuscrito será designado, conforme temática e área de expertise. Uma vez designado, o Editor Associado faz uma avaliação preliminar do artigo, denominada de desk review. Dois grandes conjuntos de critérios são adotados nesse momento.

a) Adequação do manuscrito à linha editorial da rPOT, com avaliação de sua contribuição para a área (conteúdo);

b) Adequação ao formato: estrutura do manuscrito, conforme instruções contidas neste documento; aderência às normas da APA (sexta edição); tamanho.

Nesta etapa, o manuscrito pode receber dois encaminhamentos: (1) recusado por inadequação de foco e escopo; OU recusado por inadequação de conteúdo e/ou forma (em ambos os casos, ele será arquivado); (2) aceito para tramitação. Autores de manuscritos recusados poderão submeter novamente seu trabalho apenas uma vez, necessariamente indicando o código original do manuscrito da primeira submissão. Se, na segunda submissão, houver continuidade de problemas já apontados na fase anterior, o texto será recusado em definitivo.

O autor receberá o resultado da avaliação do desk reviewem até 30 dias. O check-list utilizado pelos Editores Associados pode ser acessado aqui,recomendando-se sua leitura atenta e cuidadosa, seguindo, rigorosamente, suas instruções.

 

2.   Manuscritos aceitos pelo desk review para tramitação serão enviados a, no mínimo, dois pareceristas ad hoc, preservado o anonimato do processo  - double blind review. O roteiro de critérios utilizados pelos pareceristas da rPOT pode ser acessado aqui. Recomenda-se sua leitura cuidadosa quando da preparação de seu trabalho.

Findo o processo de avaliação externa, o manuscrito, conjuntamente com os pareceres recebidos, serão apreciados novamente pelo Editor Associado. Nesse momento, este pode optar por solicitar novos pareceres, se assim julgar necessário. O processo pode ter como desfecho: 1) a recusa definitiva do manuscrito; 2) a necessidade de revisões, conforme pareceres; 3) a aceitação com pequenas alterações; 4) a aceitação na forma como submetido. O autor terá acesso ao teor integral dos pareceres emitidos, ou então, conforme o caso, poderá receber um parecer consolidado do Editor.

No caso de manuscritos com necessidade de revisões, o autor terá um prazo de 30 dias para enviá-las novamente à revista.

Na resubmissão, o autor deverá, necessariamente, enviar dois arquivos: 1) uma carta, onde, de um lado, coloque o que foi solicitado pelos pareceristas e, de outro, sua resposta (o que foi alterado, ou o que não foi alterado, e o porquê); 2) o manuscrito reformulado, com as alterações destacadas em amarelo. O descumprimento dessa exigência pode levar ao arquivamento do manuscrito.

 

3.  Decisão final e início do processo de produção editorial. Após receber a versão reformulada do manuscrito, o Editor Associado poderá, ou não, deflagrar um novo ciclo de avaliações - em caso afirmativo, preferencialmente, com os mesmos pareceristas da primeira rodada. Então, de posse das avaliações desta versão reformulada, poderá vir a constituir um novo parecer (consolidado), com novos pedidos de alteração (por exemplo, alterações não realizadas pelos autores e consideradas fundamentais), rejeitar o manuscrito, ou, então, aceitá-lo em definitivo. No caso de aceite final, o autor será informado quando seu manuscrito poderá ser publicado (volume e número da revista).

O processo de produção editorial tem início após o aceite final. O manuscrito será, então, submetido a revisões de linguagem, incluindo abstract. Uma vez diagramado, o autor receberá seu manuscrito para revisão. Nesse momento, ele deve corrigir possíveis erros ou apontar possíveis ajustes para o diagramador. Para estas a realização destas alterações/apontamentos, o autor terá o prazo de dois dias úteis. Ver aqui um check-list para orientar a revisão das provas.   

 

Periodicidade

A Revista Psicologia: Organizações e Trabalho é publicada trimestralmente (a partir de 2014) em meio eletrônico. A rPOT é de acesso aberto.