Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • s

Diretrizes para Autores

Na intenção de atender a sua missão, a revista valoriza, também, a publicação de conferências, entrevistas, comunicações de pesquisa, resenhas e críticas da literatura, cinema, teatro e exposições de arte. A revista publica artigos em português, espanhol, francês e inglês, e traduções.

 

Ao enviar o artigo para Trivium: estudos interdisciplinares, o autor compromete-se a não o encaminhar para outro(s) veículo(s) de publicação.

A submissão do trabalho deverá ser feita exclusivamente através do link a seguir:

http://submission-pepsic.scielo.br/index.php/trivium/index

Os artigos devem conter de 14 a 25 laudas e as resenhas de 2 a 5 laudas. Devem ser digitados em Word for Windows, versão 6.0 ou superior, com extensão (.doc), em fonte Times New Roman, tamanho 12, em folha de formato A4, com espaçamento 1,5 entre linhas, margens esquerda e superior de 3 cm, direita e inferior de 2 cm. E devem conter os seguintes elementos:

Artigos, resenhas, críticas, conferências e entrevistas devem conter laudas numeradas consecutivamente a partir de 1 (um), sem o(s) nome(s) do(s) autor(es). Os dados do(s) autor(es) devem ser preenchidos em forma de metadados na página de submissão online.

Todos os manuscritos deverão ser acompanhados de uma declaração, assinada pelos autores, atestando que o artigo é inédito e que não fere as normas éticas da profissão, depois de cuidadosa verificação sobre se ele acata o que prevê a Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde (http://conselho.saude.gov.br/web_comissoes/conep/aquivos/resolucoes/23_out_versao_final_196_ENCEP2012.pdf), conforme o seguinte modelo: “Eu (Nós) _______,  declaro (os)  que o artigo intitulado __________, apresentado para publicação na revista Trivium: estudos interdisciplinares, não foi publicado ou apresentado para avaliação e publicação em nenhuma outra revista ou livro, sendo, portanto, original e que não fere as normas éticas da profissão”.

Observa-se que para a publicação de casos clínicos é preciso que se garanta a privacidade e o anonimato das pessoas envolvidas. Quando pertinente, uma cópia da aprovação da pesquisa pelo Comitê de Ética em Pesquisa Científica deve ser encaminhada no momento da apresentação do manuscrito. Sem esta cópia, não será iniciado o processo editorial do manuscrito. A partir dos seguintes detalhes abaixo, prevalecem as normas da APA sempre que as informações sobre o caso forem omissas.

 

I. Manuscritos

Todos os manuscritos devem seguir as normas técnicas da Associação Americana de Psicologia: Manual de Publicação da American Psychological Association (6ª edição, 2009), com relação ao estilo de apresentação do manuscrito e aspectos éticos relativos à realização de um trabalho científico.

O autor responsável pela integridade do artigo como um todo deve ser citado como primeiro autor. Coautores são orientadores, supervisores ou pessoas responsáveis pela escrita de parte do artigo.

O manuscrito deve ser produzido em Microsoft Word (.doc ou .docx) e não exceder o número máximo de páginas (a partir da página 1 com o Resumo e Palavras-chave indicados para cada tipo de manuscrito (incluindo Resumo, Abstract, Figuras, Tabelas, Anexos e Referências, além do corpo do texto), da seguinte forma:

Artigos: relatos de pesquisas originais de alta qualidade; artigos de conteúdo teórico ou de revisão serão considerados desde que exista uma análise crítica e propícia a partir de um amplo corpo de investigação, relativo a temas de interesse para o desenvolvimento da área de pesquisa para a qual o autor contribui.

Resenhas: revisão crítica de trabalhos publicados nos últimos dois anos, orientando o leitor sobre suas potencialidades e características. Os autores devem consultar o Editor antes de submeter resenhas ao processo editorial. Elas devem ter título em português ou espanhol, e em inglês, e as referências completas do livro resenhado, com o número de páginas do mesmo discriminado, logo abaixo do título da resenha.

Críticas de filmes e peças de teatro e publicação de prosa e poesiasseguem os mesmos critérios para resenhas de livro. Aceita-se fotos ilustrativas.

A. Alinhamento do texto: esquerda.

B. Recuo da primeira linha de um parágrafo: tab = 1,25cm.

C. Alinhamento do número de página: no canto direito, no nível da primeira linha de cada página.

D. Cabeçalho da página: as primeiras duas ou três palavras do título devem aparecer cinco espaços à esquerda do número. O cabeçalho da página é usado para identificar o manuscrito durante o processo editorial. Usando MS Word, quando o número da página e o cabeçalho são inseridos em uma página, eles aparecem automaticamente em todos as outras.

E. endereços da Internet: todos os endereços "URL" (links para a Internet) no texto (ex: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&pid=2176-4891) devem estar ativos.

F. Ordem dos elementos do manuscrito: Página de rosto não identificada, Resumo e Abstract, Texto, Referências, Anexos, Notas, Tabelas e Figuras. Iniciar cada um destes em uma nova página

III. Elementos do manuscrito:

A. Título do trabalho em português, inglês e outro idioma escolhido pelo autor.

B. Resumo com palavras-chave: Parágrafos com o máximo de 100 palavras aproximadamente (artigos), ou 80 palavras (relatórios curtos), alinhados no centro, na primeira linha abaixo do cabeçalho da página. Em seguida, lista de no mínimo três e no máximo cinco palavras-chave em Português (em letras maiúsculas e separadas por ponto e vírgula). Todos os artigos devem conter também Abstract e Keyworlds bem como a tradução do resumo e palavras-chaves em português para um outro idioma escolhido pelo autor. Como seu procedimento principal, Trivium faz a revisão final do Resumo, tendo o direito de corrigi-lo, sempre que necessário. Este é um item muito importante em seu trabalho, porque quando um artigo é publicado o resumo estará disponível em todas as fontes de indexação da revista.

 

C. Texto: As subseções do texto não começam em novas páginas e seus cabeçalhos devem ser alinhados no centro, e a primeira letra de cada palavra em maiúscula (por exemplo, Resultados, Método e Discussão, em trabalhos de pesquisa).

As palavras Figura, Tabela, Anexo que aparecem no texto devem ser escritas com a primeira letra maiúscula, seguidas pelo número (Figuras e Tabelas) ou letra (Anexos) a que se referem. Os locais sugeridos para inserção de figuras e tabelas deverão ser indicados no texto.

Use itálico em palavras ou expressões que devem ser enfatizados no texto, por exemplo, palavras estrangeiras para o Português, como self, locus, etc. Não utilize itálico (exceto nos casos requeridos pelas normas de publicação), negrito, marcas d'água ou outros recursos que podem deixar o texto visualmente mais atraente, porque eles trazem problemas para a edição.

Sempre que citar autores, dê a data de publicação de todos os estudos referidos. Os nomes de todos os autores cujos trabalhos foram citados devem ser seguidos da data de publicação. Todos os estudos citados no texto devem ser listados na seção de Referências.

Exemplos de Referências:

Os exemplos a seguir irão ajudá-lo na organização de seu manuscrito, mas certamente não esgotam todas as possibilidades de citação. Use o Publication Manual of the American Psychological Association (2009, 6ª edição) para verificar o padrão para outras referências.

1. Artigos com vários autores:

Artigos com dois autores: sempre cite os dois nomes quando se referir ao artigo:

Carvalho e Beraldo (2006) realizaram uma análise qualitativa ...

Esta análise qualitativa (Carvalho & Beraldo, 2006) ...

Artigos com três a cinco autores: cite todos os autores na primeira citação, e nas citações subsequentes mencione o primeiro autor seguido de "et al." e da data de publicação:

Mansur, Carrthery, Caramelli e Nitrini (2006) revisaram a literatura a partir desta área.

Isto foi descrito em outro artigo (Mansur, et al., 2006).

Artigos com seis ou mais autores: cite apenas o sobrenome do primeiro autor, seguido de "et al." e da data.

No entanto, na seção de Referências, os nomes de todos os autores devem ser mencionados.

2. Citações de trabalho republicado ou reeditado:

Na verdade, Lacan (1975/1982) ... ao explicar ....

Na seção de referências, citar: Lacan, J. (1982). O Seminário 20 - Mais, Ainda. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar (Original publicado em 1975)

Lembrete: Citações com menos de 40 palavras devem ser incorporadas no parágrafo do texto, entre aspas. Citações com mais de 40 palavras devem aparecer sem aspas em um bloco independente. Recuar o bloco de cerca de 5 espaços da margem. Citações com mais de 500 palavras, reprodução de uma ou mais figuras, tabelas ou outras ilustrações devem ter a permissão por escrito do detentor dos direitos autorais da obra original. A permissão deve ser endereçada ao autor que submeteu o manuscrito. Os direitos obtidos em segunda mão não serão transferidos sob quaisquer circunstâncias. A citação direta deve ser exatamente igual ao que figura na obra original, mesmo que haja erros na versão original. Se isso ocorrer, e houver a possibilidade de fazer o leitor entender mal o que foi dito, adicione a palavra [sic], sublinhada e entre parênteses, logo após o erro. Quando omitir um material da fonte original, inicie por reticências (...). A inserção de material como comentários pessoais ou observações, deve ser feita colocando entre parêntesis. A ênfase em uma ou mais palavras deve ser feita com fonte sublinhada, seguida por: [grifo meu].

Atenção: não use os termos apud, op. cit, id. ibidem, e outros. Eles não fazem parte das normas da APA (2009, 6ª edição).

DReferências:

Começar uma nova página para a seção Referências, com o título alinhado no centro da primeira linha abaixo do cabeçalho da página. Apenas as obras consultadas e mencionadas no texto devem aparecer nesta seção. Continue usando espaço duplo e não deixe um espaço extra entre as referências. As referências devem ser listadas em ordem alfabética pelo sobrenome, de acordo com as normas da APA (veja alguns exemplos abaixo). Use o Publication Manual of the American Psychological Association (2009, 6th edition) para verificar as regras não mencionados aqui. Recomenda-se que o manual online da APA seja consultado em: http://www.apastyle.org/

Ao referir-se a mais do que um estudo pelo mesmo autor, usar ordem cronológica, ou seja, dos trabalhos mais antigos ao mais recente. Os nomes do autor não devem ser substituídos por traços ou travessões.

Exemplos de referências:

1Artigos de revistas científicas

Rudge, AM, Fuks, BB (2014) A implicação de um superego sádico na anorexia. Fórum Internacional de Psicanálise, 23 (2), 20-35. doi: 10.1080/0803706X.2014.897753.

2Artigos de revistas paginadas por fascículo

Proceda de acordo com o exemplo acima, e inclua o número do fascículo entre parênteses, sem sublinhar, após o número do volume.

3Artigos de uma revista científica editada apenas em formato eletrônico

Silva, S. C. da (2006, Fevereiro). Estágios de Núcleo Básico na formação do psicólogo: Experiências de desafios e conquistas. Psicologia para a América Latina, 5, Acesso em 12 de maio de 2006, de http: //scielo.bvs-psi.org.br

4Livros
Quinet, A. (2012). Os Outros em Lacan. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar.

5Capítulo de livro 

Dell'Aglio, D. D., & Deretti, L. (2005). Estratégias de coping em situações de violência no desenvolvimento de crianças e adolescentes. Em CS Hutz (Ed.), Violência e risco na Infância e adolescência: pesquisa e intervenção (pp 147-171.). São Paulo: Casa do Psicólogo.

6Obras antiga e reeditadas em data muito posterior

Bronfenbrenner, U. (1996). A ecologia do Desenvolvimento Humano: experimentos naturais e planejados. Porto Alegre: Artes Médicas. (Original publicado em 1979).
Freud, S. (1961). The ego and the id. In J. Strachey (Ed. and Trans.), The standard edition of the complete psychological works of Sigmund Freud (Vol. 19, pp. 3-66). London: Hogarth Press. (Original work published 1923)

7Autoria Institucional

American Psychiatric Association (2013). DSM-V, Diagnostic and statistical manual of mental disorders (5th ed.). Washington, DC: Author.

EApêndices: Evite. Somente devem ser incluídos se contiverem informações consideradas indispensáveis, como testes não publicados ou descrição de equipamentos ou materiais complexos. Os Anexos devem ser apresentados cada um em uma nova página. Os Anexos devem ser indicados no texto e apresentados no final do manuscrito, identificados pelas letras do alfabeto em maiúsculas (A, B, C, e assim por diante), se forem mais de

FNotas: Devem ser evitadas sempre que possível. No entanto, se não houver outra possibilidade, devem ser indicadas por algarismos arábicos ao longo do texto, e apresentadas após os Anexos, em página separada intitulada “Notas", sem a utilização de programa automático do Word, em fonte Times New Roman, corpo 10, espaçamento simples. O título “Notas” aparece centralizado na primeira linha abaixo do cabeçalho. Recue a primeira linha de cada nota de rodapé em 1,25cm e numere-as conforme as respectivas indicações no texto.

GTabelas: Devem ser elaboradas em Word (.doc) ou Excel. No caso de apresentações gráficas de tabelas, use preferencialmente colunas, evitando outras formas de apresentação como pizza, etc. Nestas apresentações evite usar cores. Cada tabela começa em uma página separada. A palavra Tabela é alinhada à esquerda na primeira linha abaixo do cabeçalho e seguida do número correspondente à tabela. Dê um espaço duplo e digite o título da tabela à esquerda, em itálico e sem ponto final, sendo a primeira letra de cada palavra em maiúscula. Não devem exceder 17,5 cm de largura por 23,5 cm de comprimento.

HFiguras: Devem ser do tipo de arquivo JPG e apresentadas em uma folha em separado. Não devem exceder 17,5 cm de largura por 23,5 cm de comprimento. A palavra Figura é alinhada à esquerda na primeira linha abaixo da Figura e seguida do número correspondente à figura. Dê um espaço duplo e digite o título da figura à esquerda, sem ponto final, com letras minúsculas.

As palavras Figura, Tabela e Anexo que aparecerem no texto devem, sempre, ser escritas com a primeira letra em maiúscula e devem vir acompanhadas do número (para Figuras e Tabelas) ou letra (para Anexos) respectivo ao qual se referem. A utilização de expressões como "a Tabela acima" ou "a Figura abaixo" não devem ser utilizadas, porque no processo de editoração a localização das mesmas pode ser alterada. As normas da APA (2009, 6ª edição) não incluem a denominação de Quadros ou Gráficos, apenas Tabelas e Figuras.

É norma da revista eventualmente inserir figuras em alguns artigos, resenhas e conferências. Cabe ao editor a escolha das imagens, quando não enviada pelo próprio autor.

Política de Privacidade

The names and email addresses entered in this journal site will be used exclusively for the stated purposes of this journal and will not be made available for any other purpose or to any other party.