Revistas

  • Arquivos Brasileiros de Psicologia

    ISSN 1809-5267

    A missão da Arquivos Brasileiros de Psicologia foi sempre a de acolher e difundir a diversidade das produções científicas e profissionais da Psicologia e áreas afins, sejam elas teóricas, metodológicas ou empíricas. Permanece assim a abertura a contribuições de todas as áreas da Psicologia. "Promover a circulação do pensamento e da pesquisa no âmbito da Psicologia brasileira, além de contribuições internacionais", como consta nos números em circulação, se traduz no presente pelo reconhecimento das interfaces entre as áreas e com outras áreas de conhecimento, dos campos emergentes; das perspectivas críticas, das abordagens e estratégias voltadas para elementos culturais e sociais expressos na Psicologia contemporânea, muitas vezes em resposta às questões da sociedade.
  • Avaliação Psicológica

    A Revista Avaliação Psicológica publica trabalhos originais, preferencialmente relatos de pesquisa, mas também comunicações breves, artigos de revisão da literatura, notas técnicas e resenhas de livros importantes da área.
     
  • Estilos da Clínica

    A revista Estilos da Clínica é uma publicação quadrimestral (a partir de 2013), que visa sustentar um espaço editorial de natureza interdisciplinar em torno do eixo da psicanálise voltado à discussão das vicissitudes da infância. Aceita para publicação textos originais encaminhados de forma espontânea pelos autores
  • Estudos de Psicologia (Natal)

    Estudos de Psicologia (Natal) é uma publicação quadrimestral do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que publica trabalhos inéditos em Psicobiologia e Psicologia CognitivaPsicologia Social do Trabalho; Temas em políticas sociais: assistência social e sistema de garantia de direitos; Aspectos psicossociais das interações entre pessoas e diversos contextos socioambientais.

  • Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia

    Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia é uma revista on-line, publicada quadrimestralmente por universidades federais sediadas no Estado de Minais Gerais que possuem curso de Psicologia - Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de São João del-Rei e Universidade Federal de Uberlândia.

    A Revista destina-se a pesquisadores e profissionais de Psicologia e áreas afins. O objetivo da revista é difundir e debater os avanços em Psicologia. Publica trabalhos originais com até 25 páginas, na forma de: Relatos de pesquisa (quantitativos e qualitativos), Ensaios, Revisões de literatura e Relatos de Experiência.

    Os manuscritos submetidos a Gerais devem ser inéditos, não podendo ter sido publicados anteriormente, nem estar simultaneamente submetidos a outros periódicos e/ou para publicação em outros veículos.

     

    Universidade Federal de Minas Gerais
    Belo Horizonte - MG – Brasil - 31270-901
    contato.editoriagerais@gmail.com

     

    APOIO:
     
  • Journal of Human Growth and Development

    A Revista Journal of Human Growth and Development está destinada a servir de espaço para apresentação e troca de saberes entre profissionais das universidades e dos serviços que lidam com a problemática do crescimento e desenvolvimento humano. O periódico divulga, desde 1994, trabalhos de pesquisa, revisões, estudos de caso e experiências inovadoras voltadas à promoção do crescimento e do desenvolvimento humano, com ênfase na criança e adolescente.
  • PEPSIC

    Revista de teste do portal pepsic.
  • Psicologia Clínica

    A revista Psicologia Clínica é uma publicação quadrimestral de trabalhos originais em psicologia, que publica artigos em português, inglês e espanhol. Os manuscritos submetidos para publicação devem ser originais, não estar em avaliação por qualquer outro periódico e devem seguir as normas de publicação do Publication Manual of the American Psychological Association (2020, 7ª edição).

     

  • Psicologia em Pesquisa

    Psicologia em Pesquisa é um periódico eletrônico semestral do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e está disponível apenas no formato eletrônico
  • Revista Brasileira de Psicodrama

    A Revista Brasileira de Psicodrama é uma publicação científica da Federação Brasileira de Psicodrama - Febrap, editada pela Diretoria de Divulgação com o objetivo de divulgar trabalhos sobre a Teoria Socionômica de Jacob Levy Moreno, em suas disciplinas de Sociodinâmica, Sociometria, Sociatria, sendo esta última composta pelas matérias: Psicoterapia de Grupo, Sociodrama e Psicodrama. E também se propõe a cuidar de temas de ciências correlatas, de interesse da comunidade psicodramática. 
  • Revista da Abordagem Gestáltica: Phenomenological Studies

    A PHENOMENOLOGICAL STUDIES – Revista da Abordagem Gestáltica foi criada com o objetivo de ser um veículo de publicação da Abordagem Gestáltica, bem como daquelas abordagens que se fundamentam em bases teórico-científicas e filosóficas dentro das perspectivas humanistas, fenomenológicas e existenciais.

    Atualmente, suas diretrizes editoriais procuram privilegiar reflexões – numa perspectiva multiprofissional e interdisciplinar – em torno dos seguintes temas: a) Fenomenologia; b) Psicologia Fenomenológica; c) Filosofias da Existência; d) Psicologias Humanistas e Existenciais; e) Pesquisa Qualitativa em Ciências Humanas e Sociais.

    Serão aceitos para apreciação artigos de pesquisa empírica e artigos teóricos, que envolvam temáticas relacionadas à saúde, educação, humanidades, filosofia ou ciências sócio-antropológicas

  • Revista de Etologia

    A revista de Etologia tem por objetivo publicar artigos de pesquisa, artigos teóricos e revisões critícas da literatura, comunicações breves e resenhas sobre o comportamento animal, inclusive sobre o comportamento humano. Os trabalhos podem ser descritivos ou experimentais, versar sobre temas básicos ou aplicados, e ter sido realizados no laboratório, em condições de cativeiro ou campo.
  • Revista NUFEN: Phenomenology and Interdisciplinarity

    A Revista do NUFEN: phenomenology and interdisciplinarity  publica trabalhos inéditos, teóricos e empíricos, com enfoque principal da Psicologia Fenomenológica Existencial Hermenêutica, Clínica Gestáltica, ACP e  Saúde. Destina 30% do espaço para publicações interdisciplinares, em diálogo com a Psicologia Social Crítica. 

    O periódico é vinculado ao Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFPA, que é Sponsor; Afiliada ao Fórum de Editores da ANPEPP, ao PEPSIC e a ABEC.

    Orientações e normas para autores 

    A revisão editorial  será iniciada, após verificação inicial do texto, considerando atender a todas as normas da revista quanto ao escopo e sessões estabelecidas. Caso contrário será solicitada a adequação às normas e, então, a realização de nova submissão. Após avaliação da forma, se o texto for considerado pelos Editores, potencialmente publicável na revista, os Autores serão comunicados sobre o início do processo editorial.

    O texto será, então, encaminhado para 2 (dois) Consultores  escolhidos pelos Editores, entre pesquisadores de reconhecida competência na área.  A autoria do texto não é informada aos Consultores, bem como a identidade dos Consultores não é informada aos Autores.

    No Caso da existência de conflitos de interesse no processo de avaliação, os editores encaminharão o manuscritos a outro parecerista.  Os Consultores, após análise, podem aceitar plenamente, rejeitar ou recomendar a publicação dos textos mediante sugestões de modificações em seu conteúdo. Os Autores recebem cópias dos pareceres dos Consultores.

    Caso o texto venha a ser rejeitado, os Autores podem submetê-lo novamente à revista depois de cuidadosa revisão, considerando os pareceres recebidos. Em geral, os textos são  encaminhados aos mesmos Consultores ad hoc.

    A recomendação para publicação associada a sugestões de modificação do trabalho visa melhorar a clareza ou precisão do texto, segundo os padrões de qualidade da revista científica. Uma versão reformulada do texto deve ser apresentada para apreciação, tendo em vista obter a aceitação. Esta versão deve estar acompanhada de carta dos Autores aos Editores quando estes não concordarem com algumas das sugestões dos Consultores, informando as modificações efetuadas e justificando aquelas não realizadas.

    A carta e o texto reformulados são encaminhados a um dos Conselheiros da revista, juntamente com a versão original e com os pareceres dos Consultores  para análise.  A decisão final sobre a publicação de um texto cabe aos Editores, auxiliados pelos pareceres de Consultores e Conselheiros.

    Os Editores comunicam o resultado final aos Autores, por e-mail, o mais rapidamente possível, indicando a data e número da revista previstos para a publicação do artigo.

     

     

  • Revista Psicologia: Organizações e Trabalho

    A Revista Psicologia Organizações e Trabalho - rPOT - é uma publicação quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Organizacional e do Trabalho (SBPOT). Sua missão é contribuir para a divulgação do saber científico nessa subárea da Psicologia. O alvo da rPOT é a publicação demanuscritos inéditos em inglês, português e espanhol, nas seguintes modalidades: Relatos de pesquisas empíricas, Revisões de literatura, Ensaios teóricos e Relatos de experiência profissional. Na mais recente avaliação da CAPES (Qualis), a rPOT permanece classificada no extrato A2. Convidamos pesquisadores e profissionais a enviarem à rPOT manuscritos amparados em sólida base teórico-metodológica, que ensejem a análise de fenômenos de relevância para o campo da POT. Confira nossas Instruções para Autores:  http://pepsic.bvsalud.org/revistas/rpot/pinstruc.htm

  • Revista Psicologia Política

    A Revista Psicologia Política é um periódico mantido pela Associação Brasileira de Psicologia Política (ABPP). A Revista é uma publicação dirigida ao campo de estudos interdisciplinar da Psicologia Política. Constitui-se, portanto, em um periódico de estudos das problemáticas no campo da Psicologia Política que tem como epicentro a reflexão sobre o comportamento político nas sociedades contemporâneas. A Psicologia Política se constitui historicamente a partir de contribuições de diferentes áreas das ciências humanas que articulam debates nos quais as condições objetivas e subjetivas estejam presentes, sendo compreendidas por diferentes abordagens teóricas, como codeterminantes, portanto, constituintes dos comportamentos coletivos, dos discursos, das ações sociais e das representações que constituem antagonismos políticos no campo social. O foco da revista é a publicação de estudos originais, sejam empíricos ou teóricos, sobre fenômenos políticos - abrangendo debates relativos, por exemplo, a movimentos sociais, políticas públicas, relações de dominação, democracia – ou sobre a história da psicologia política. Estes estudos podem ser orientados por diferentes abordagens teóricas e metodológicas (qualitativas e quantitativas) que privilegiem a ruptura com dicotomias como indivíduo x sociedade, condições objetivas x condições subjetivas , ciência x política. Considera-se interessante que as produções submetidas à revista discutam o modo como concebem as noções de político e/ou de política em suas análises, sendo uma preocupação da Revista fomentar debates internos ao próprio campo de estudo da Psicologia Política. A Revista preocupa-se com o desenvolvimento deste campo interdisciplinar de reflexão e prática investigativa, no qual os principais debates têm sido reunidos em torno de questões como o preconceito social, diferentes formas de racismo, ações coletivas e movimentos sociais, violência coletiva e social, socialização política, comportamento eleitoral, relações de poder, valores democráticos e autoritarismos, participação social e políticas públicas, bem como os estudos sobre opinião pública e meios de comunicação de massa, em abordagens quanti e qualitativas. Reúnem-se, ainda, nestas preocupações, os estudos sobre análise de discursos e ideologias, de universos simbólicos e de práticas institucionais. As questões referentes aos debates teóricos e metodológicos neste campo são bem recebidas por este conselho editorial, que tem a preocupação de debater cientificamente o aprofundamento das temáticas constituintes da interface entre os aspectos políticos e os psicológicos.

  • Revista TransFormações em Psicologia

    A Revista TransFormações em Psicologia é uma publicação criada por e para estudantes de Psicologia, um espaço de discussão e reflexão sobre temas relacionados à pesquisa e à atuação na sua interface com a formação.
  • Saúde & Transformação Social / Health & Social Change

    S&TS/H&SC é um periódico trimestral a partir de maio de 2012, editorado pela Universidade Federal de Santa Catarina (PPGSC/UFSC) em parceria com a Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (DEPCH/EERP/USP) e Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (DPsi/FFCLRP/USP), ambas da Universidade de São Paulo. Pretende ser um veículo de publicação de trabalhos científicos oriundos de pesquisa qualitativa de relevância e de compromisso com a transformação da Sociedade em Áreas da Saúde e afins. O simbolo utilizado no logotipo refere-se a uma superfície de uma única face - a despeito da aparência. Suas propriedades foram estudadas pelo matemático alemão August Ferdinand Moebius, recebendo seu nome. O caminho sobre uma das faces aparentes leva necessariamente a outra - havendo uma única face, portanto. S&TS está indexada nas bases SEER, REDALYC, PERIÓDICA, CLASE LATINDEX, SUMARIOS.ORG, DOAJ e no Open Journal Systems
  • Tempo Psicanalítico

    A revista TEMPO PSICANALÍTICO é publicada regularmente desde o ano de 1978 e possivelmente é a única revista dedicada à Psicanálise e áreas conexas em existência contínua desde essa época em nosso estado. Foi originalmente semestral, passou alguns anos a anual, de 1990 até 2006, e voltou a ser semestral desde então.

  • Trivium: estudos Interdisciplinares

    Trivium, do latim, três vias, significa simultaneamente encruzilhada, praça pública, lugar de reunião.

    Trivium: estudos interdisciplinares , revista do Programa de Pós-graduação em Psicanálise, Saúde e Sociedade da Universidade Veiga de Almeida, vem sendo editada semestralmente, desde 2009, nos meses de julho e dezembro. Trata-se de um periódico no qual a Psicanálise se encontra com as Ciências Humanas e Sociais, refletindo o caráter interdisciplinar impresso em nosso Mestrado e Doutorado.

    Trivium: estudos interdisciplinares oferece dois segmentos básicos para artigos inéditos: temático e livre. Tem como objetivo levar adiante a transmissão da Psicanálise e estabelecer, cada vez mais, novas e inesperadas relações com o estudo do inconsciente. Publica-se, entre outros, pesquisas em Psicanálise no sentido estrito ou na articulação com a Psicologia, Filosofia, Ética, Antropologia, História, Sociologia, Artes, Música e Teoria Literária. Razão pela qual a revista vem se tornando uma importante praça de debates sobre as questões que nossa contemporaneidade não cessa de trazer aos saberes já estabelecidos.

  • Vinculo

    A publicação Vínculo - Revista do NESME (Núcleo de Estudos em Saúde Mental e Psicanálise das Configurações Vinculares) , recebe textos encomendados ou enviados espontaneamente por estudiosos de grupos, famílias, casais e instituições, inspirados na Psicanálise Vincular e/ou com interesse em Saúde Mental em geral.