Refletindo sobre conceitos das psicologias fenomenológicas/existenciais de Frankl, Rogers e Kierkegaard

Autores

  • Italo Morais Soares de Souza UFPB
  • Thiago Antonio Avellar de Aquino

DOI:

https://doi.org/10.26823/rnufen.v16i01.24346

Palavras-chave:

Viktor Frankl, Carl Rogers, Kierkegaard, Psicologia clínica, Relação terapêutica

Resumo

O presente artigo apresenta uma visão que aproxime as questões psicológicas da concretude da vida através de psicologias fenomenológicas/existenciais de Frankl, Rogers e Kierkegaard. Assim, investigou-se os conceitos ‘sentido de vida’, na psicologia fenomenológica/existencial de Viktor Frankl, de ‘congruência’ em Carl Rogers e de ‘ser si mesmo’ em Kierkegaard; objetivando refletir a respeito das semelhanças e divergências localizadas nos conceitos-chaves de cada um desses. Foram encontradas semelhanças, como as tensões existenciais. Também diferenças: a transparência das emoções para o ser congruente em Rogers e variedade de tensões em Kierkegaard. Nos propusemos a refletir sobre uma interseção dos conceitos dos autores para relações de ajuda psicológica, que trouxe a consideração de todas as tensões e a expressão de emoções para a realização de sentido. O presente trabalho considera o indivíduo congruente sendo quem verdadeiramente se é. Assim, é possível enxergar os autores dentro de encruzilhamentos teóricos com as delimitações deste artigo.

Referências

Aquino, T. A. A. (2012). Análise da narrativa de Viktor Frankl acerca da experiência dos prisioneiros nos campos de concentração. PHENOMENOLOGICAL STUDIES - Revista da Abordagem Gestáltica, 18(2), 206–2015. Recuperado em 31 de agosto de 2022, de http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rag/v18n2/v18n2a11.pdf

Aquino, T. A. A. (2015). Sentido da vida e valores no contexto da educação: uma proposta de intervenção à luz do pensamento de Viktor Frankl. São Paulo: Paulinas.

Aquino, T. A. A. d. (2020). Viktor Frankl: Para além de suas memórias. PHENOMENOLOGICAL STUDIES - Revista da Abordagem Gestáltica, 26(2), 232–240. doi:10.18065/2020v26n2.10

Bezerra, M. E. S., & Bezerra, E. N. (2012). Aspectos humanistas, existenciais e fenomenológicos presentes na abordagem centrada na pessoa. Revista NUFEN: phenomenology and interdisciplinarity, 4(2), 21-36. Recuperado em 31 de agosto de 2022, de http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rnufen/v4n2/a04.pdf

Brito, R. M. M., & Moreira, V. (2017). “Ser o que se é” na psicoterapia de Carl Rogers: um estado ou um processo?. Memorandum: Memória E História Em Psicologia, 20, 201–210. Recuperado em 31 de agosto de 2022, de https://periodicos.ufmg.br/index.php/memorandum/article/view/6631

Feijoo, A. M. L. C. (2008). In: I Simpósio de Psicologia Fenomenológico-Existencial. Belo Horizonte: Fundação Guimarães Rosa, p. 11.

Fonseca, A. H. (1998). Trabalhando o legado de Carl Rogers sobre os fundamentos fenomenológicos existenciais. Maceió: Gráfica Editora Bom Conselho Ltda.

Frankl, V. E. (1978). Fundamentos antropológicos da psicoterapia. Rio de Janeiro: Zahar Editores.

Frankl, V. E. (2005). Um sentido para a vida: psicoterapia e humanismo (11a ed.). Aparecida, SP: Editora Santuário.

Frankl, V. E. (2012). Fundamentos y aplicaciones de la Logoterapia. Barcelona: Herder Editorial.

Frankl, V. E. (2014). La psicoterapia en la práctica clínica: una introducción casuística para médicos. Barcelona: Herder Editorial.

Gomes, O. K. L. A. (2016). Clínica Psicológica e o Exercício da Liberdade. Monografia. Faculdade de Ciências Médicas e Paramédicas Fluminense, Nilópolis, RJ, Brasil.

Goto, T. A. A (re) constituição da psicologia fenomenológica em Edmund Husserl. repositorio.sis.puccampinas.edu.br, 6 fev. 2007.

Downloads

Publicado

2024-04-30

Como Citar

Morais Soares de Souza, I., & Avellar de Aquino, T. A. (2024). Refletindo sobre conceitos das psicologias fenomenológicas/existenciais de Frankl, Rogers e Kierkegaard. Revista NUFEN: Phenomenology and Interdisciplinarity, 16(01). https://doi.org/10.26823/rnufen.v16i01.24346

Artigos Semelhantes

<< < 2 3 4 5 6 7 8 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.