Plantão Psicológico On-Line a Estudantes Universitários Durante a Pandemia da Covid-19

Autores

  • CINTIA BEZERRA UFRN
  • Kilvia Pereira Moura
  • Elza Dutra

DOI:

https://doi.org/10.26823/nufen.v13i2.22515

Palavras-chave:

Plantão Psicológico, Ensino Superior, Terapia Online, Fenomenologia Existencial, Sofrimento

Resumo

A pandemia da covid-19 impactou sobremaneira toda a humanidade. No Brasil, vivemos além da crise sanitária, uma crise política e social. Tempo marcado pela angústia frente à morte que se anuncia cotidianamente e por significativa ansiedade diante da ausência de qualquer perspectiva de mudança do caos instalado. Voltamo-nos especificamente para as universidades que foram afetadas em todos os níveis. Estudantes e servidores precisaram se rearranjar e inaugurar um novo modo de habitar o ensino superior, agora remotamente. A equipe de Psicologia da assistência estudantil somou esforços para oferecer um espaço de escuta a estudantes universitários através de plantão psicológico on-line. Realizamos a leitura dessa experiência sob a ótica da hermenêutica heideggeriana e apontamos alguns achados a respeito dos limites e possibilidades do atendimento on-line, bem como da fundamental importância de se disponibilizar meios para enfrentamento de tensões e dores provenientes desse tempo tão difícil de pandemia.

Palavras-chave: Plantão Psicológico; Ensino Superior; Terapia Online; Fenomenologia Existencial; Sofrimento.

Biografia do Autor

Kilvia Pereira Moura

Graduanda do 9° período em Psicologia (UFRN). Estagiária da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PROAE/UFRN) e do Serviço de Psicologia Aplicada (SEPA/UFRN).

Referências

REFERÊNCIAS

Bauman, Z. (2007). Tempos líquidos. (C. A. Medeiros Trad.). Rio de Janeiro: Zahar.

Bezerra, C. B., Saintrain, M. V. D. L., Braga, D. R. A., Santos, F. D. S., Lima, A. O. P., Brito, E. H. S. D., & Pontes, C. D. B. (2020). Impacto psicossocial do isolamento durante pandemia de covid-19 na população brasileira: análise transversal preliminar. Saúde e Sociedade, 29(4), Recuperado em 11 de dezembro de 2020, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902020000400311&tlng=pt

Bezerra, C. G. (2016). A experiência de sofrimento em estudantes de Ciências e Tecnologia da UFRN sob o enfoque fenomenológico-existencial. (Tese de Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte.

Chaves, P. B., & Henriques, W. M. (2017). Plantão Psicológico: de frente com o inesperado. Psicologia argumento, 26(53). Recuperado em 23 de abril de 2021, de https://periodicos.pucpr.br/index.php/psicologiaargumento/article/view/19831

Crepaldi, M. A., Schmidt, B., Noal, D. D. S., Bolze, S. D. A., & Gabarra, L. M. (2020). Terminalidade, morte e luto na pandemia de COVID-19: demandas psicológicas emergentes e implicações práticas. Estudos de Psicologia (Campinas), 37. Recuperado em 01 de junho de 2020, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2020000100508&tlng=pt

Debord, G. (1997). A sociedade do espetáculo (E. S. Abreu Trad.). Rio de Janeiro: Contraponto.

Dutra, E. (2008). Afinal, o que significa o social nas práticas clínicas fenomenológico- existenciais? Estudos e Pesquisas em Psicologia, UERJ, RJ, 8(2), 221-234.

Dutra, E. (2017). Plantão psicológico numa clínica-escola: a escuta do sofrimento existencial de universitários. In Feijoo, A. M. L. C. de, & Lessa, M. B. M. F. (Org.). Fenomenologia e práticas clínicas II (2ª ed.). (pp. 109-129). Rio de Janeiro, RJ: IFEN.

Evangelista, P. E. R. A., & Cardoso, C. L. (2020). Aconselhamento psicológico fenomenológico-existencial online como possibilidade de atenção psicológica durante a pandemia de COVID-19. Perspectivas em Psicologia (Uberlândia), 24(2), 129-153.

Faro, A., Bahiano, M. D. A., Nakano, T. D. C., Reis, C., Silva, B. F. P. D., & Vitti, L. S. (2020). COVID-19 e saúde mental: a emergência do cuidado. Estudos de Psicologia (Campinas), 37. Recuperado em 01 de junho de 2020, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2020000100507&tlng=pt

Feijoo, A. M. L. C. (2011). A existência para além do sujeito: a crise da subjetividade moderna e suas repercussões para a possibilidade de uma clínica psicológica com fundamentos fenomenológico-existenciais (1ª ed.). Rio de Janeiro: Edições IFEN: Via Verita.

Freire, P. (1987). Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

Barcellos, A. Â. C. G., Ferreira, M. L. L., Santos, M. D. A. M., & Júnior, C. R. (2020). Plantão Psicológico Online em Tempos de Pandemia: Um relato de Experiência. Revista Unimontes Científica, 22(2), 1-15. Recuperado em 23 de abril de 2021, de https://www.periodicos.unimontes.br/index.php/unicientifica/article/view/3394

Gusso, H. L., Archer, A. B., Luiz, F. B., Sahão, F. T., Luca, G. G. D., Henklain, M. H. O., & Gonçalves, V. M. (2020). Ensino superior em tempos de pandemia: diretrizes à gestão universitária. Educação & Sociedade, 41. Recuperado em 25 de setembro de 2020, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302020000100802&tlng=pt

Han, B-C. (2015). Sociedade do Cansaço. (E. P. Giachini Trad.). Petrópolis, RJ: Vozes.

Heidegger, M. (1996). Ser e Tempo: Parte II. (4 Ed.) (M. S. Cavalcante Trad.). Petrópolis, RJ: Vozes. (Texto original publicado em 1927).

Heidegger, M. (2009). Seminários de Zollikon. (M, Boss, ed.). Petrópolis, RJ: Vozes. (Texto original publicado em 1987).

Heidegger, M. (2012). Ensaios e Conferências. (8 Ed.). Petrópolis, RJ: Vozes. (Texto original publicado em 1965).

Mahfoud, M. (2012). A vivência de um desafio: plantão psicológico. In Mahfoud, M. (Org). Plantão psicológico: novos horizontes (2ª ed.). (pp. 17-29). São Paulo, SP: Companhia Ilimitada.

Morato, H. T. P. (2009). Plantão psicológico: inventividade e plasticidade. In Resumo. São Paulo: Universidade de São Paulo, Instituto de Psicologia, Laboratório de Estudos em Fenomenologia Existencial e Prática em Psicologia. Recuperado em 15 de março de 2020, de http://laclife.files.wordpress.com/2009/10/click-na-figura-para-baixar-artigos-de-sashenka.pdf

Neves, M. C. C., & Dalgalarrondo, P. (2007). Transtornos mentais auto-referidos em estudantes universitários. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 56(4), 237-244.

Pavani, F. M., Silva, A. B. da, Olschowsky, A., Wetzel, C., Nunes, C. K., & Souza, L. B. (2021). Covid-19 e as repercussões na saúde mental: estudo de revisão narrativa de literatura. Revista Gaúcha de Enfermagem, 42(1).

Rebouças, M. S., & Dutra, E. (2010). Plantão Psicológico: uma Prática Clínica da Contemporaneidade. Revista da Abordagem Gestáltica, XVI(1): 19-28.

Rodrigues, J. T. (2020). Angústia e serenidade: a psicopatologia contemporânea em diálogo com Heidegger (1ª ed.). Rio de Janeiro: Via Verita.

Rodrigues, B. B., Cardoso, R. R. D. J., Peres, C. H. R., & Marques, F. F. (2020). Aprendendo com o Imprevisível: Saúde mental dos universitários e Educação Médica na pandemia de Covid-19. Revista Brasileira de Educação Médica, 44. Recuperado em 02 de outubro de 2020, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022020000500302&tlng=pt

Ruffo, L. (2016). Ensaios para compreensão de uma prática psicológica em construção: atendimento online (via e-mail) (Dissertação de mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo.

Schmidt, B., Crepaldi, M. A., Bolze, S. D. A., Neiva-Silva, L., & Demenech, L. M. (2020). Impactos na Saúde Mental e Intervenções Psicológicas Diante da Pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19), 37. Recuperado em 18 de maio de 2020, de https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2020000100501&tlng=pt

Scorsolini-Comin, F., Rossato, L., & Santos, M. A. D. (2020). Saúde mental, experiência e cuidado: implicações da pandemia de COVID-19. Revista da SPAGESP, 21(2), 1-6. Recuperado em 14 de abril de 2021, de http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-29702020000200001&lng=pt&tlng=pt.

Silva, H. G. N., Santos, L. E. S. dos, & Oliveira, A. K. S. de (2020). Efeitos da pandemia do novo Coronavírus na saúde mental de indivíduos e coletividades/Effects of the new Coronavirus pandemic on the mental health of individuals and communities. Journal of Nursing and Health, 10(4). Recuperado em 14 de abril de 2021, de https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/enfermagem/article/view/18677/11414

Downloads

Publicado

2021-08-10

Como Citar

BEZERRA, C., Pereira Moura, K. ., & Dutra, E. (2021). Plantão Psicológico On-Line a Estudantes Universitários Durante a Pandemia da Covid-19. REVISTA DO NUFEN: PHENOMENOLOGY AND INTERDISCIPLINARITY, 13(2). https://doi.org/10.26823/nufen.v13i2.22515

Edição

Seção

Dossiê Temático Sofrimento, Crise e Cuidado na Universidade: intervenções clínic